SEVILHA

A Sevilha de Murillo

Durante este ano de 2017, Sevilha celebra o IV Centenário do nascimento de Estebán Murillo. Pintor Sevilhano, notabilizou-se como grande representante do Barroco Andaluz, e com grande referência do chamado nacional catolicismo que seduziu a Europa com as belíssimas Imaculadas. Inovador, introduziu o naturalismo no Barroco.

Nasceu em Dezembro de 1617 e produziu mais de um milhar de trabalhos, chegando até aos dias de hoje apenas 425 trabalhos, sobretudo pinturas. Morreu em Cádiz em 1682 quando caiu de um andaime enquanto pintava um grande quadro em Óleo no covento dos Capuchinhos.

Durante este ano e parte do próximo as celebrações vão incluir exposições, simpósios, concertos, publicações e até uma festa barroca.

A catedral, o Hospital da Caridade, Igreja de Santa Maria Blanca ou Palácio Arcebispal são alguns dos lugares onde se podem ver obras de Murillo no seu local de origem, no entanto algumas obras espalhadas por outos museus vão regressar a Sevilha para fazer parte deste evento – muitas das obras sairam de Sevilha aquando das Invasões Francesas e não mais voltaram.

A pintura de Murillo tornou-se famosa com as Virgens Imaculadas que reflectiam o ar doce e compassivo que reconfortavam uma cidade que sofria as amarguras de uma peste que dizimou mais de metade da população Sevilhana.

Sevilha é uma cidade de ícons. Carregada de monumentos e locais a visitar, o mais dificil é escolher. Por nós, talvez nos deixemos deslumbrar pelos pátios Andaluzes e fazer deles um pretexto para conhecer melhor mais do que uma cidade.

O nosso roteiro começa com a Real Fábrica de Tabacos com os seus diversos pátios e a sua arquitectura Industrial do sec. XVIII, passa pelo barroco sevilhano do Hospital de los Venerables, sem esquecer os inevitáveis Pátios das Laranjas da Catedral e do Real Álcazar. A nossa rota, passa ainda pelos Palácio das Duenãs, Palácio da Condesa de Lebrija, Museu de Bellas Artes, Santa Clara e Casa dos Pilatos. Dos Pátios de Sevilha se reconstrói a história de uma das cidades mais sedutoras.

Cidades a visitar:  Sevilha

Esforço Físico: Fácil

Nº de Pessoas:  25 até 45 no máximo

Lugares marcantes:  Catedral de Sevilha; Igreja de Santa Maria Blanca; Palácio Arcebispal; Real Fábrica de Tabacos; Hospital de los Venerables; Real Álcazar; Palácio das Dueñas; Palácio da Condesa de Lebrija;Museu de Bellas Artes; Santa Clara; Casa dos Pilatos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

You may also like