GRANADA

Granada de São João de Deus

O começo da visita aos lugares onde viveu e passeou São João de Deus pode ser feito com ajuda do Museo de San Juan de Dios – na Casa dos Pisa. Aqui encontra alguns dos bens e pertences de São João de Deus. Imaculado, encontra-se o quarto onde morreu e se tornou local de peregrinação.

Da Casa do Pisa, é obrigatório passar pelo antigo Hospital Real (hoje biblioteca da cidade) onde se encontra a cela onde esteve João de Deus internado. Não deixar de olhar na Rua Elvira a livraria onde o então João vendia os seus livros. Existem inúmeras ruas cheias de histórias ligadas ao Santo – Rua da Pavaneras, com a Casa dos Tiros – um dos primeiros hospitais criado por São João de Deus ou a Rua da Colcha onde se cruza com o seu sucessor Anton Martin. A visita acaba na Praça Bib-Rambla sem esquecer a magnifica Catedral de San Juan de Dios que o seu estilo Barroco guarda os restos e as relíquias do Santo.

Para almoçar em Granada, nada como experimentar um boteco de rua. Granada é uma cidade cheia de vida e uma com uma atmosfera vibrante. Sugerem-se vários restaurantes de Tapas, mas sugerimos sempre a Bodega Castañeda na Rua Elvira.

Durante o Verão, Granada, tal como o resto da Andaluzia fica vazia depois do almoço. Não recomendamos. Mas com o tempo ameno da Primavera ou Outono, pode-se recomeçar um passeio ao centro da cidade. Existem lugares icónicos, como a Catedral Metropolitana de la Encarnación de Granada ou o pequeno souk no centro da cidade.
No final do dia não deve deixar de subir ao Albacyn – o bairro árabe com as melhores vistas para o palácio do Alhambra. Aqui para além das vista do Mirador de San Nicolas, encontra várias casas de chá, bem tipicas, e um lugar muito especial, são Banhos árabes como seja  El Bañuelo.

Aproveitar o momento em Albacyn e fazer o jantar com vista para o Palácio de Alhambra. Aqui temos muitas alternativas, mas sugerimos talvez o Carmen Verde Luna. Despretensioso, bonito por dentro e com uma vista assombrosa de Alahambra.

Deixamos de fora o Palácio de Alhambra, apenas um dos monumentos mais visitados na Europa. A qualquer hora do dia e a qualquer dia da semana,  são turistas de todo o mundo a visitar os palácio e os jardins. Merece um dia, ou pelo menos um manhã bem fresca e primaveril para ser visitada.

Cidades a visitar:  Montemor-o-novo; Córdova; Granada; Sevilha

Esforço Físico:  Moderado

Nº de Pessoas: 25 até 45 no máximo

Lugares marcantes: Cripta da Igreja Paroquial de Montemor-o-Novo; Mesquita e Catedral de Córdova;

Basílica de São João de Deus; Catedral de Granada; Alhambra; Palácio Carlos V; Bairro de Albacyn; Museu do Pisa

 

 

 

 

 

 

 

 

You may also like