CAMBRIDGE

Cambridge faz parte do imaginário de muitos. Uma vida livre, um hiato na nossa vida que bem pode esperar pelo futuro à nossa frente, ou, até, uma nostalgia do que podia ser uma vida bem diferente.

O que propomos é visitar uma das catedrais mais vertiginosas de Inglaterra e a partir desta visita conhecer Cambridge, Oxford e Londres.

Imagem relacionadaA King’s College Chapel foi mandada erguer por Henrique VI e foram precisos quase 100 anos e cinco Reis para que ficasse pronta.  O que espanta na Catedral é a sua a dimensão em altura. Vista por fora, parece desafiar as leis da gravidade, com uma altura assombrosa em comparação com a sua largura e cumprimento. Este aparente desequilibro entre a altura, cumprimento e largura dá-lhe toda essa perspectiva de vertigem e de enquadramento de quem queria elevar o edifício até ao céu. No fundo trata-se  de uma construção e exemplo da arquitectura gótica levada, por assim dizer aos limites. Possui a maior abóbada planeada do mundo.

A diferença, é ainda maior quando se entra. De fora, parece um gigantesco edifico de pedra, levantado aos céus, no entanto, a visão que se tem de dentro é comImagem relacionadapletamente diferente, e isso deve-se ao vitrais que nos dão uma impressão de leveza e luz serena de todo o edifício. À rudeza da pedra exterior contrapõem-se o equilíbrio e singeleza dos vitrais e janelas. Apesar do seu tamanho, da sua quase excentricidade e enormidade, recolocam o espaço dentro de uma certa singularidade e uniformidade. O espanto da altura dá lugar à surpresa da tonalidade da luz.

Para além das janelas e vitrais , destaque para o coro e um quadro de Rubens com a Adoração dos Magos – este quadro já uma recolocação tardia , uma vez que foi feito para um convento de freira em Louvaina, na Bélgica. Com uma excelente acústica, são famosos os recitais que aqui acontecem, em especial com o coro residente do próprio King’s College.

De Cambridge podemos aproveitar o tempo para relançar uma visita mais demorada por todo o Campus de Cambridge e visitar outros espaços como sejam o Trinity College, o Museu Fitzwilliam …

Motivos: King’s College Chapel | Os desafios da gravidade

Cidades a visitar: Cambridge; Oxford; Londres

Esforço Físico: Fácil

Nº de Pessoas: 20 a 45 pessoas

Lugares marcantes: King’s College Chapel; Campus de Cambridge; Trinity College; Museu Fitzwilliam