MONTE-ATHOS

“Vinte mosteiros guardam, hA? quase dez sA�culos, sinais vivos do mundo bizantino. No Monte Athos, norte da GrA�cia, monges e eremitas ortodoxos mantA?m de pA� um quotidiano de outro tempo, o tempo em que Istambul se chamava Constatinopla ou BizA?ncio. Um roteiro de viagem aos mosteiros ortodoxos do Monte Athos.

O Monte Athos designa uma montanha de mais de dois mil metros de altitude no extremo da penA�nsula e A� por esse nome que A� conhecido o conjunto de vinte mosteiros que albergam cerca de 1700 monges de diferentes nacionalidades. Alguns vivem em ermitA�rios, prA?tica ascA�tica comum na penA�nsula hA? uns bons mil anos”.

“A� um mundo anacrA?nico, em expressA?o simplificada, o que sobrevive no Monte Athos, caracterizado pelas prA?ticas eremitas do cristianismo primitivo. Ascetas e (quase) auto-suficientes, os monges ocupam o seu tempo em oraA�A�es, nos trabalhos agrA�colas, na pesca, na pintura de A�cones e no estudo, organizando a sua vida quotidiana como se o ImpA�rio Bizantino nA?o tivesse sido vencido pela HistA?ria. O calendA?rio em vigor A� o Juliano e o dia comeA�a cedo, por volta das 3h00 da manhA?, com cerca de cinco horas”.A�de Alma de Viajante

Esta A� uma viajem A?nica que propomos por alguns destes Mosteiros. Uma viagem pelo mundo que se conserva, em todas as prA?ticas e sobretudo numa vida que insiste em ser diferente. No isolamento, na vivA?ncia e na experiA?ncia de que foi e continua a ser. Um mundo belo. Tranquilo. Um mundo de paz.

Cidades a visitar:A�Monte-Athos; Atenas

EsforA�o FA�sico:A�A�Exigente

NA? de Pessoas:A�10 no mA?ximo

Lugares marcantes:A�Mosteiro de SA?o Paulo;A�Philotheou;A�Skiti Ana;A�Mosteiro de Koutlomoussiou;A�Mosteiro Simonos Petra;A�S. JoA?o CrisA?stomo;A�Megisti Lavra;A�Biblioteca de Megisti Lavra;A�Mosteiro de Xeropotsmou;A�Peristilo;A�Catedral de Split